Pesquisa

Heroína! Merendeira ajuda a salvar 50 alunos de ataque em escola de Suzano

em quinta-feira, 14 de março de 2019


A merendeira abrigou 50 estudantes na cozinha da escola.


Uma heroína! A merendeira Silmara Cristina, 54 anos, disse ao portal G1, que ajudou a esconder 50 estudantes na cozinha da Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano. A escola foi invadida nesta quarta-feira (13) por dois homens encapuzados que atiraram em alunos e funcionários e depois se mataram.

Na entrevista, Silmara contou que os funcionários fizeram barricada com geladeira e freezer. A mesa foi usada como escudo. Os funcionários abriram a cozinha e colaram o maior número de alunos dentro, e pediram para todos deitarem no chão.

“Nós estávamos servindo merenda e aí começou os ‘pipoco’ e as crianças entraram em pânico. Abrimos a cozinha em começamos a colocar o maior número de crianças dentro e fechamos tudo e pedimos para eles deitarem no chão”, conta chorando. “Foi muito desesperador, porque foi muito tiro, muito tiro mesmo e era muito pânico”. Contou Silmara

Quando já tinha 50 alunos na cozinha, foi preciso trancar a porta. Felizmente, nada aconteceu com quem estava lá dentro. “A mesa viramos e fizemos um escudo para proteger as crianças. Ficamos acuados em um canto só, se acontecesse coisa ele ia pegar muita gente.” Concluiu

Com isso, as redes sociais já se mobilizam para que o governador, João Doria, condecore essa guerreira que teve um ato heroico!


Nenhum comentário:

Postar um comentário



Topo