Pesquisa

Jornalista da Globo diz que foi ameaçado de morte após fazer matéria sobre Exército

em segunda-feira, 8 de abril de 2019


O motivo seria uma reportagem exibida no programa Fantástico
O jornalista Carlos de Lannoy revelou em seu Twitter que sofreu ameaças após a exibição de uma reportagem sobre a ação do Exército que terminou com a morte de um homem inocente, no Rio de Janeiro. A matéria foi ao ar no programa Fantástico, da TV Globo.

"Se você escolher falar m* e defender bandido é escolha sua. Seu m*! Se for errado paga com a vida! Mexeu com o exército, assinou sua sentença! Sua família vai pagar! Aguarde as cartas – escreveu o usuário identificado como Erik Procópio."

Na reportagem, Lannoy falava do carro fuzilado com mais de 80 tiros por agentes do Exército, no Rio de Janeiro. Dentro do veículo havia uma família. O motorista, o músico Evaldo dos Santos Rosa, morreu no local.

O jornalista ainda respondeu a ameaça do internauta e prometeu que “não ficará assim”.

"Você vai responder por essa ameaça. O que você fez não é apenas uma afirmação vergonhosa, infeliz e lamentável, mas um crime previsto em lei. Aguarde" – declarou.

Após a repercussão, o internauta se desculpou com o jornalista.

Minhas sinceras desculpas! O comentário foi apagado! Completamente desmedido e descabido! Carlos de Lannoy é um grande profissional e fica meu respeito e pedido de desculpas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Topo