Pesquisa

Juiz determina prisão de mais um ex-presidente peruano envolvido no caso Odebrecht

em domingo, 21 de abril de 2019


Tribunal ordenou nesta sexta-feira (19) a prisão preventiva de 36 meses do ex-presidente do Peru, Pedro Pablo Kuczynski, que também está sendo investigado no escândalo de corrupção que envolve a empreiteira brasileira Odebrecht.

O ex-presidente está em uma clínica para problemas cardíacos. Revelado pela operação Lava Jato no Brasil, o poder judiciário informa que Kuczynski está sendo investigado por suspeita de lavagem de dinheiro em caso de corrupção com a Odebrecht, que havia pedido sigilo quanto aos crimes internacionais, mas tiveram vazamentos das delações.

O juiz que ordenou a prisão, Jorge Chávez, disse que existem evidência que comprovam que o ex-presidente cometeu o crime de lavagem de dinheiro, ocultou e deu informações fiscais falsas.

Nesta semana, já é segundo caso de ordem de prisão para ex-presidentes peruanos envolvidos em caso de corrupção com a Odebrecht. O primeiro caso foi nesta quarta (17), em que a polícia deu ordem de prisão para Alan García, que tirou a própria vida para não ser preso.

*As informações são do Folha de São Paulo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Topo