Pesquisa

Durante entrevista Ciro Gomes chama Fernando Holiday de ‘Capitão-do-mato nazista’.

em terça-feira, 25 de junho de 2019

O eterno pleiteante da cadeira da presidência do Brasil, Ciro Gomes voltou a atacar.


Ciro se referio ao vereador paulistano Fernando Holiday (DEM-SP) como “Capitão-do-mato nazista” nesta terça (24), em entrevista ao Morning Show.

“Ele é um capitãozinho-do-mato nazista”, disse Ciro, quando perguntado sobre o processo e condenação no caso, em fevereiro. “Um camarada que chega na Câmara tem a obrigação que entender que 63% da população é negra como ele. E o que ele faz? Quer acabar com o Dia da Consciência Negra. É um traidor da negritude, um serviçal do branqueamento”.

Na primeira vez que proferiu a ofensa, Ciro foi obrigado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo a pagar R$ 38 mil em indenização por danos morais a Holiday. Na ocasião, o ex-presidenciável havia dito: “Imagina, esse Fernando Holiday aqui. O capitãozinho do mato, porque é a pior coisa que tem é um negro que é usado pelo preconceito para estigmatizar, que era o capitão do mato do passado”.

Na declaração desta terça, Ciro justificou o uso do termo como “liberdade de opinião” e disse ter “orgulho” em ser processado por outros políticos. “Já fui processado pelo Pitta, pelo Serra, pelo Maluf, por todos eles e tenho muito orgulho disso”.

Ciro ainda criticou Holiday pelo projeto apresentado pelo vereador de realizar internações psiquiátricas com mulheres que tenham “propensão ao abortamento ilegal”. Segundo o ex-presidenciável, a proposta vai “pegar uma filha de um pobre e obrigá-la a ser homiziada em um hospício com tratamento religioso compulsório. O nome disso é nazismo. Ele é um capitão-do-mato nazista. Que venham os processos”.

*informações da Jovem Pan.

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Topo