Pesquisa

Flordelis fala sobre a morte do marido “Seja quem for, quero justiça”.

em quarta-feira, 19 de junho de 2019


A deputada federal Flordelis disse, nesta quarta-feira (19), que deseja justiça pela morte de seu marido, Anderson do Carmo, “seja quem for” o assassino. Parlamentar deu declaração ao sair da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo, em Niterói, região metropolitana do Rio de Janeiro.

Flordelis também afirmou que não acredita que algum de seus filhos tenham sido responsáveis pela morte de Anderson. A deputada foi visitar seu filho biológico, preso com um mandado de violência doméstica em aberto.

Perguntada sobre a arma encontrada em sua casa, no bairro de Pendotiba, em Niterói, durante buscas feitas pela Polícia Civil e o Ministério Público do Rio de Janeiro, Flordelis declarou não ter conhecimento da pistola.

A parlamentar também afirmou aos repórteres que não sabe onde está o celular de Anderson. O aparelho foi o único que os agentes da DHNSG não encontraram durante a revista na casa da família, local onde o pastor foi vítima de diversos tiros.

A principal hipótese que a Polícia Civil trabalha é a de execução. Um dos filhos adotivos do casal assumiu a autoria do crime, versão que a família desmentiu por meio de nota.

A principal hipótese que a Polícia Civil trabalha é a de execução. Um dos filhos adotivos do casal assumiu a autoria do crime, versão que a família desmentiu por meio de nota.

*Informações do portal R7.

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Topo