Pesquisa

‘Não tenho apego ao cargo, se houver irregularidade eu saio’, diz Moro

em quinta-feira, 20 de junho de 2019

O ministro fala com senadores sobre vazamento de conversas com procuradores

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, prestou depoimento no Senado Federal a respeito das mensagens vazadas pelo site “The Intercept Brasil”, que supostamente representam uma conversa entre o ex-juiz da Lava Jato Moro e os procuradores da operação.

Dentre os envolvidos, o maior destaque seria a proximidade entre o então juiz Sérgio Moro e Deltan Dallagnol, pois as mensagens passadas por Moro utilizando o aplicativo Telegram poderiam ter conduzido a operação Lava Jato para a condenação de Lula devido a imparcialidade do juiz.

Moro aceitou o convite dos senadores para comparecer a Casa e prestar esclarecimento a respeito do caso. Nesta quarta-feira (19 jun. 2019), o ministro falou aos senadores de dentre muitas declarações, deixou claro não ter apego com o cargo e, caso tenha cometido irregularidade, irá se afastar do governo.

“Não tenho nenhum apego pelo cargo em si. Se houver alguma irregularidade da minha parte, eu saio”, declarou o ministro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Topo