Pesquisa

Polícia prende dois suspeitos por roubo de ouro no aeroporto de Guarulhos

em domingo, 28 de julho de 2019


A Polícia Civil prendeu dois suspeitos de terem participado do roubo de 720 kg de ouro ocorrido dentro do terminal de cargas do aeroporto internacional de Guarulhos na última quinta-feira (25). O caso é investigado pela 5ª Delegacia Patrimônio (investigações sobre roubo a banco) do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais).

O funcionário do aeroporto que afirmou ter sido feito refém pelos criminosos durante a ação, Peterson Patrício, foi preso ontem. A Justiça acatou um pedido de prisão preventiva contra ele.

O outro suspeito detido, Peterson Brasil, que também é funcionário do aeroporto, seria o homem que convidou o suposto refém para participar do crime. Ele prestava esclarecimentos no Deic na tarde de hoje e teve seu pedido de prisão preventiva autorizado no início da noite.

Os policiais civis refizeram com o funcionário que teria sido feito refém o trajeto feito desde a sua suposta abordagem, até o sequestro de sua mulher e sua liberação. Após apresentar nervosismo, os policiais afirmaram que o funcionário confessou a participação no crime.

O ouro roubado corresponde a cerca de R$ 110 milhões, segundo a polícia. Gravado por câmeras de segurança, o assalto durou menos de cinco minutos, segundo policiais federais, entre a entrada dos criminosos no local e a fuga. Não houve tiroteio e ninguém ficou ferido.

Para conseguirem efetuar o roubo, os criminosos clonaram dois carros com adesivos da PF (Polícia Federal). Com armas de grosso calibre, balaclavas e coletes à prova de balas, eles obrigaram funcionários do terminal a colocarem o ouro nos veículos.

As informações são do Uol


Nenhum comentário:

Postar um comentário



Topo