Pesquisa

Eike Batista é preso novamente por Operação Lava Jato

em quinta-feira, 8 de agosto de 2019

Eike cumpria prisão domiciliar há 2 anos.


Em novo desdobramento da Operação Lava Jato, o dono da EBX voltou a ser preso hoje (8) pela manhã, no Rio de Janeiro.

Eike Batista cumpre prisão domiciliar desde 2017, quando foi condenado a 30 anos – dos quais passou apenas 3 meses em regime fechado – pelo pagamento de U$ 16,5 milhões de propina ao ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral.

O motivo da nova prisão ainda não foi divulgado pela Polícia Federal, mas a ordem se estendeu ao contator de Eike, Luiz Arthur Andrade Correia, mais conhecido como Zartha, que está no exterior.

Também foram expedidos 5 mandados de busca e apreensão, com endereços ligados também aos filhos de Eike, Thor e Olin.

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Topo