Pesquisa

Jornalista do grupo Globo faz emboscada para nora de Bolsonaro

em sábado, 14 de setembro de 2019

Jornalisa finge ser paciente para colher informações de Heloísa Bolsonaro

Um jornalista da revista Época (Grupo Globo) fingiu ser cliente da psicóloga Heloísa Bolsonaro, esposa do deputado federal Eduardo Bolsonaro. A intenção do repórter era revelar o método de trabalho da profissional.

A matéria intitulada “O coaching on-line de Heloísa Bolsonaro” foi publicada nesta sexta-feira pelo jornalista João Paulo Saconi. No artigo de opinião, ele expressa sua visão sobre Heloísa.

Em publicação feita no Instagram, Heloísa se manifestou e alegou que João nunca se revelou como repórter.Eduardo Bolsonaro se manifestou em sua conta no Twitter. “Minha esposa foi enganada por um mau caráter que se diz jornalista da Época/Globo, João Paulo Saconi, que usou da sua boa fé e profissionalismo para manipulá-la e fabricar uma matéria com o único intuito de assassinar a reputação da família do presidente” declarou o deputado. O presidente da República também repudiou a forma de trabalho do repórter

“Quarta-feira peguei meu celular e havia várias chamadas perdidas de um ‘ex-cliente’. Logo que vi, retornei, preocupada. ‘Será que está bem?’ pensei. ‘Então, estou ligando para te comunicar que eu registrei todas as nossas 5 sessões e vou publicar na revista Época. Você quer falar alguma coisa?’ Juro que eu nem entendi na hora, até respondi, confusa: ‘Oi?’ e perguntei: ‘Mas você acha ético isso?’'.

O ex-cliente nunca se identificou como jornalista e muito menos que publicaria uma matéria, o que não teve minha autorização. Cheguei a questioná-lo na ligação, pois não estava acreditando: ‘Você já tinha a intenção de fazer isso, ao me contratar?’ e ele ‘Sim’. Senti-me completamente violada. Em nenhum momento o mesmo informou que estaria gravando. Inclusive, o jornalista quando questionado sobre seu nome completo, ocultou o último sobrenome, o mesmo que ele assina suas matérias”.

Eduardo Bolsonaro se manifestou em sua conta no Twitter. “Minha esposa foi enganada por um mau caráter que se diz jornalista da Época/Globo, João Paulo Saconi, que usou da sua boa fé e profissionalismo para manipulá-la e fabricar uma matéria com o único intuito de assassinar a reputação da família do presidente” declarou o deputado. O presidente da República também repudiou a forma de trabalho do repórter

Imagem


2 comentários:

  1. Esse pessoal da globolixo não desiste, esse desclassificado que se diz jornalista deveria ser expulso da associação dos jornalistas e processado pela Dra HELOÍSA BOLSONARO, isso só prova que a globolixo não mede esforços para atingir o PRESIDENTE BOLSONARO. Nos apoiamos o PRESIDENTE BOLSONARO e o super MINISTRO SÉRGIO MORO e a operação LAVA JATO.

    ResponderExcluir
  2. Esse jornalista enviado do inferno deveria se chamar na verdade de João Paulo Sacana.

    ResponderExcluir



Topo